O Que é...

Medicina da Alma

Entenda melhor o que é "Medicina da Alma" e como ela pode ajudar você

        O que é “Medicina da Alma” e onde tudo começou! Há uns quinze anos, eu estava em uma quadra de futebol de salão jogando uma partida, quando um menino, o qual também estava jogando, de repente, caiu no chão como que tivesse entrado em um transe, imediatamente o levamos para o hospital. Após a realização de todos os exames cabíveis, em dado momento, o médico que o atendia adentrou à sala, onde o menino se encontrava ainda em choque, para nos informar que os resultados dos exames estavam todos normais, tendo o médico dito que o mesmo tinha “doenças da alma”, palavras aquelas que achei curiosas, já que vieram de um médico. Posteriormente fui informado que aquele jovem era filho de pais separados.

        Àquela altura eu já havia iniciado minha pesquisa de observação do comportamento dos filhos de famílias desestruturadas, a qual dei por encerrada no ano de 2012, tendo iniciado no ano de 2000. No ano de 2017, diante de alguns problemas que notei no desempenho de alguns profissionais da área da saúde mental, resolvi me matricular no “Curso de Psicanálise”, onde, vez ou outra, ouvia falar que o Psicanalista é um “médico da alma”. Enquanto fazia o curso de Psicanálise, fiz um curso de “Terapia com Florais”, tendo eu me habilitado ao final como Terapeuta Floral.

        Concluído o curso de Psicanálise, em dezembro último, após uma reflexão, decidi trabalhar combinando essas duas áreas do conhecimento humano, quais sejam, Psicanálise e Florais, quando, então, entendi que, dessa forma, ao unir esses dois campos da Ciência em uma única atividade profissional, como quem, por exemplo, junta a Engenharia com a Química, resultando na Engenharia Química, eu já não seria somente Psicanalista e nem somente Terapeuta Floral, mas sim, um profissional com uma prática diferente e que, portanto, a quem precisava ser atribuído uma nova denominação.

        Como disse, vez ou outra, ao longo do curso de Psicanálise, ouvia a expressão “médico da alma”, logo, eu não a inventei e muito menos a criei, apenas dei a mesma uma nova roupagem e um novo conceito. Além disso, por outro lado, o termo “medicina da alma”, da mesma forma, já existia.

        O médico inglês, Dr. Edward Bach, ao desenvolver os florais, o fez com o propósito dos mesmos serem específicos para a alma humana, nascendo ali um embrião da “Medicina da Alma”, a qual já podia contar, inclusive, com medicamentos próprios para a alma humana. Lembrando do que havia dito o médico que atendeu o referido adolescente, decidi, então, atribuir, de fato e de direito, o nome de “Medicina da Alma” como o resultado da fusão da Psicanálise com a Terapia Floral e, por conseguinte, “Médico da Alma” o profissional que desenvolver sua atividade laborativa através do uso da palavra (Psicanálise), combinado com o uso dos Florais (Terapia Floral), visando a cura da mente pelo emprego da primeira e a cura da alma pelo uso da segunda, simultaneamente. Nasce, então, uma nova categoria de profissional da área da saúde mental, que é o “Médico da Alma, ficando a “Medicina” dividida em duas grandes áreas, no caso, a “Medicina do Corpo” e a “Medicina da Alma”.

        Eu, Lélio Corrêa, sou o primeiro “Médico da Alma” autodeclarado. Em breve, muito breve, o mercado de trabalho da área da saúde mental poderá contar com “Médicos da Alma” formados em escola específica.

Open chat
Posso ajudar?